Fome por Natureza

quinta-feira, novembro 09, 2017

Espaços naturais nunca estiveram tão em alta como agora, principalmente nos grandes centros urbanos onde os espaços que as pessoas habitam ficam cada vez mais reduzido

Como crescimento vertiginoso destes centros urbanos, uma solução que veio para ficar, é o que se denomina parede verde ou ecológica.

Ambiente Casa Cor SP 2017
Essas paredes, em ambientes internos,  forradas de forma total ou parcial podem proporcionar a sensação de se estar ao ar livre.

Com os espaços de modo geral cada vez mais reduzidos as paredes são áreas livres que recebem muito bem o verde de braços abertos.

Ambiente Casa Cor SP 2017
Atualmente encontramos no mercado inúmeras soluções para fazer o verde subir pelas paredes, mas nem todas proporcionam uma estética com um lastro mais artístico e alto nível de elaboração.

Para apresentar um trabalho que considero artístico no que se refere a paredes ou painéis verdes, trago para esse post o trabalho da Moss wall Art, que com seus trabalhos diferenciados tanto esteticamente quanto tecnicamente, cobrem paredes com verdadeiras obras de "Arte Verde".

Seus trabalhos são assim considerados, pois são resultados de planejamentos criteriosos que aliam projetos técnicos à projetos estéticos com tudo fundamentado em muitos estudos nas áreas de Biomimética, Biophilia e Design.

As plantas mais usadas pelo grupo em seus trabalhos são os musgos, samambaias e diversas espécies vegetais que se desenvolvem bem em ambientes internos. Aos trabalhos, também só incorporados elementos como parte de troncos, e madeiras que são descartadas naturalmente no meio ambiente.


As pessoas estão cada vez mais carentes de contato com a Natureza!


Isso já é fato mais do que debatido nas últimas décadas, uma carência que só aumenta principalmente nos grandes centros urbanos, cujas soluções são muito escassas e limitadas, devido aos espaços onde as pessoas habitam ficarem cada vez mais reduzidos.

Essa realidade gerou em Joe Zazzera o desejo de projetar trabalhos que incluíssem a Natureza nos espaços habitados pelas pessoas. Para desenvolver técnicas próprias e eficientes, Joe foi estudar e, a partir de um curso sobre Biomimética para o mundo do design no qual encontrou a compreensão da lógica do mundo natural, Joe se apaixonou por estes conhecimentos e não parou até se tornar um profissional de Biomimética om certificado de graduação pela Universidade Estadual do Arizona.

Segundo ele, não ocorreu nenhum planejamento sobre isso. tudo ocorreu de forma natural. A paixão foi tão intensa que se tornou uma aventura maravilhosa para ele. Quanto mais estudava, mais queria se aprofundar nos conhecimentos que, fizeram dele um dos Designers de paredes verdes mais cobiçados do planeta.


Atualmente, Joe faz parte do Institut Biomimicry,  incorporando Biomimética e Biophilia em tudo o que faz. E diga-se de passagem, com tanto estudo e dedicação, faz tudo muito bem!

Suas paredes vivas são consideradas Arte de Parede, pois são elaboradas com soluções de alto nível que só aumentam a demanda por elas em todos os setores da sociedade.

Se envolvendo profundamente no movimento de Design Biophilico, Joe chama seus trabalhos de Arquitetura Verde. Embora considere pequeno o impacto do seu trabalho nos ambientes, comparado com o contato direto com o meio natural, Joe reconhece que o mais importante é que as pessoas se conectem com a natureza através do meio que lhes for mais acessível.



"Hoje estamos cada vez mais rodeados de concreto, tráfego, ruídos e poluiição dentro de uma crescente conturbação que a agitada vida moderna produz. Somos bombardeados pela tecnologia que dita estilos de vida caóticos nos envolvendo num perpétuo estado de estresse, sobrecarga de informações e fadiga mental." (Joe Zazzera)

Ao longo do tempo tudo o que afetou nosso bem estar físico e mental foi causado pela ausência da Natureza.

A Biophilia que literalmente se traduz como "Amor pela Natureza", está ligada diretamente à nossa necessidade emocional inata, por espaços ao ar livre, ar fresco, vida vegetal na flora na água, enfim em todo o contexto do mundo natural.

A conexão com a Natureza nos faz bem pois reflete nosso amor inato por ela.


Já falei em vários posts aqui no "jardim" que mais do que o valor estético, a Natureza nos é essencial, pois influencia muitos aspectos importantes da nossa vida, A ciência já confirmou que pacientes em hospitais com espaços verdes e vistas naturais se recuperam mais rapidamente, já provou também que salas de aulas que tem proximidade com a natureza, os alunos atingem pontuações mais elevadas, assim como escritórios que possuem muito verde em seus interiores e muita luz natural, são mais produtivos, e comunidades com espaços verdes são mais conectadas.


Veja alguns trabalhos da Moss Wall Art que selecionei para sua inspiração:










Muitas empresas e segmentos de varejo de todos os tipos percebem cada vez mais que a incorporação de espaços onde as pessoas possam ter contato com o verde, atraem mais o consumidor a entrar , explorar e apreciar, pois estes espaços são tranquilizantes e inspiradores fazendo com que as pessoas comprem mais os produtos ou serviços oferecidos.

Alimentar nossa fome pela Natureza nos torna mais felizes! (Joe Zazzera) 

 Você duvida? 



Abraços!
Sejamos Felizes!

Veja também:


Fontes: Site do artista,Plantsolutions, inhabitat, Fotos de abertura casa cor 2017 /particulares

Lembrou de alguém que gostaria do post? Espalhe essa ideia! Compartilhe!

Leia também!

0 comentários

Todo comentário construtivo é bem vindo.
No entanto, comentários ofensivos, preconceituosos, mal educados ou incompreensíveis, serão apagados.
Comentários que sejam spam ou propaganda, que não tenham a ver com o conteúdo do post ou do blog, também serão apagados.
Se quiser contratar um serviço, utilize a página de Contato.

Obrigada pela visita!

Google Plus

Like us on Facebook

Quote do dia

"Eu agradeço pelas inúmeras vezes que você me enxergou melhor do que eu sou... Pela capacidade de me olhar mais devagar... já que muita gente já me olhou depressa demais. Olhe devagar cada coisa. Aceita o desafio de ver o que a multidão não viu. Entre cascalhos disformes, estranhos diamantes sobrevivem solitários. É bom ter amigos. Eles são pontes que nos fazem chegar aos lugares mais distantes de nós mesmos. A beleza anda de braços dados com a simplicidade. Basta observar a lógica silenciosa que prevalece nos jardins."
(Pe. Fabio de Melo)