Aurora Boreal Vista do Espaço

quinta-feira, julho 06, 2017

Sentimentos de encantamento e gratidão costumam transbordar das pessoas que presenciam o espetáculo de luzes coloridas produzido pelo fenômeno da Aurora Boreal.



Se vistas do chão as luzes do Norte já são deslumbrantes, imagine vê-las do alto, melhor dizendo, muito alto, a partir do espaço, olhando pela janela de uma Estação Espacial. Isso pode mudar toda perspectiva de como consideramos a vida.


Ver esse espetáculo do espaço, ainda é privilégio de poucos, mas o bom é que  a experiência pode ser compartilhada. Uma delas ocorreu com os membros da expedição 52 que, em 25 de junho passado, tiveram a honra de ver a aurora Boreal a bordo a Estação Espacial Internacional.

Se o que eles capturaram arrebatou a emoção das pessoas que viram o vídeo, imagine o significou para esses astronautas, assistirem o fenômeno da Aurora Boreal, vista do espaço em toda sua glória!

Você poderá ver o vídeo abaixo ou clicando no link: https://www.youtube.com/watch?v=fVMgnmi2D1w


Considerada como o maior show de luzes do planeta Terra, a Aurora Boreal é um fenômeno que pode ser visto a olho nu durante a noite e eventualmente nos finais de tardes.

O fenômeno que colore o céu com luzes dançantes com tons verdes e avermelhados, acontece nas regiões polares do norte do planeta, e ocorre devido ao contato dos ventos solares com o campo magnético da Terra.

O nome Aurora Boreal, foi criado pelo cientista Galileu Galilei, em 1619, inspirado na deusa romana do amanhecer chamada Aurora, e em seu filho chamado Bóreas.

No hemisfério sul, a Aurora Boreal é conhecida como Aurora Austral. Esta Aurora ocorre no Polo Sul, mas não é muito fácil de acontecer por conta das condições climáticas.

Conhecido também como "Luzes do Norte", o fenômeno da Aurora Boreal é visto com mais facilidade nos países nórdicos como, Noruega, Suécia, Finlândia, Islândia, Alasca, Canadá, Groelândia, Escócia, Rússia e Ilhas Faro na Dinamarca.

O fenômeno, atrai muitos seguidores para as regiões, onde o show de luzes coloridas no céu ocorre com mais freqüência. Existem muitos fans aficcionados que até se nomeiam como caçadores de Auroras Boreais e, se você quiser saber mais e até se aventurar a ir atrás de uma, um canal que eu recomendo é o do Marco Brotto,  que conhece muito sobre o fenômeno porque é literalmente um caçador de Auroras Boreais -> auroraboreal.blog.br


Estar diante de uma Aurora Boreal, é presenciar um fenômeno da Natureza que nos remete a toda grandiosidade dos mistérios do infinito, onde ainda há tanto para descobrir. É uma experiência que altera toda nossa percepção sobre a vida, pois ao mesmo tempo que percebemos o quanto somos pequenos em relação ao tamanho do Cosmos, somos invadidos pela grande emoção de sentir a pulsação do universo, através da observação silenciosa e divina da dança das luzes coloridas no infinito do céu.


Se você gostou desse post onde a Natureza é iluminada pelo colorido do céu, poderá gostar também do post que mostra o espetáculo das "Cores da Natureza" na Terra - veja AQUI.

Abraços,
Sejamos Felizes!

Fontes: huffpost, imagens: pixabay, seleções google


Lembrou de alguém que gostaria do post? Espalhe essa ideia! Compartilhe!

Leia também!

0 comentários

Todo comentário construtivo é bem vindo.
No entanto, comentários ofensivos, preconceituosos, mal educados ou incompreensíveis, serão apagados.
Comentários que sejam spam ou propaganda, que não tenham a ver com o conteúdo do post ou do blog, também serão apagados.
Se quiser contratar um serviço, utilize a página de Contato.

Obrigada pela visita!

Google Plus

Like us on Facebook

Quote do dia

"Eu agradeço pelas inúmeras vezes que você me enxergou melhor do que eu sou... Pela capacidade de me olhar mais devagar... já que muita gente já me olhou depressa demais. Olhe devagar cada coisa. Aceita o desafio de ver o que a multidão não viu. Entre cascalhos disformes, estranhos diamantes sobrevivem solitários. É bom ter amigos. Eles são pontes que nos fazem chegar aos lugares mais distantes de nós mesmos. A beleza anda de braços dados com a simplicidade. Basta observar a lógica silenciosa que prevalece nos jardins."
(Pe. Fabio de Melo)