Petúnias Estelares refletem galáxias em suas pétalas

quarta-feira, junho 21, 2017

As flores são expressões da Natureza dotadas de encantos singulares que podemos observar nas inúmeras formas, padrões, cores, tamanhos que, caprichosamente nos arrebatam e surpreendem.

E, na Natureza o que não falta, são flores peculiares que fazem "Graça" nos lembrando de coisas diferentes que nos remetem aos mais nobres sentimentos.

Uma flor que na simplicidade de sua forma, a graça da Natureza, milagrosamente nos leva à ver, um infinito repleto de estrelas em suas pétalas, é a mais recente "Petúnia Night Sky".

Foto: Irenefotod

Beleza das Galáxias


Hipnotizados, ou não pelo espaço exterior, infinito e pontilhado de luzes, se rendem aos encantos desta flor que captura a todos preenchendo com estrelas até os olhos mais distraídos.

Diferente anos-luz de qualquer outra Petúnia, a "Night Sky" desde seu lançamento (2015) ganhou muitas estrelas através de diversos prêmios comerciais que, antes mesmo do primeiro fornecimento (2016) no mercado britânico, não deixou de causar furor, onde quer que tenha sido vista desde então.
Foto: Sylvia.lund

As Petúnias Night Sky, produzem massas de flores azul índigo aveludadas com uma série de manchas brancas puras que remetem a sensação de olhar para galáxias distantes. Bastante singular entre qualquer flor que já vimos, quando a planta está no auge de seu florescimento suas flores são como constelações remanescentes vistas numa noite clara.
Foto: Ohau-gardeners
A flor cósmica possui marcas únicas que lembram um céu estrelado. Cada planta possui cachos de flores em roxo profundo ou tons de Alfazema, cujas pétalas são salpicadas por pontos brancos luminosos que se parecem com corpos celestes, característica que faz desta Petúnia, uma planta desejada pelos entusiastas de flores e jardins em todo o mundo.
Foto: breezer102
Um céu noturno refletido em pétalas de flores notadamente decoradas com pontos luminosos, é perfeito para preencher com mistérios do universo vasos, cestas e canteiros de jardins.

O que causa esse padrão etéreo nas pétalas da flor, segundo os especialistas, é a variação de temperaturas diurna (quente) e noturna (fria).
Foto: rainbowjaguar
Para cultivar as Petúnias Night Sky, é preciso ter um local com pleno sol durante todo o dia e que seja fresco e bem ventilado durante a noite. Esta planta gosta de climas amenos, porém sem calor intenso, pois em altas temperaturas suas pétalas tendem a murchar. Não tolera climas muito frios e chuvas intensas.
Foto: chicória8892
Apesar das Petúnias serem originárias da América do Sul, as espécies que se diferenciam no tamanho e colorido são resultado de cruzamentos realizados por ingleses e alemães. Então se você quiser ter uma noite estrelada refletida em vasos ou em canteiros do seu jardim, procure na web, por "Petúnia Night Sky",deverá encontrar na Ebay, Amazon, AliExpress, etc.
Foto:J.Parker's

Pensar além das galáxias e das fronteira atômicas é o único modo de sermos também infinitos...        (Valter Rosa Borges)


Veja também: A Graça da Natureza - AQUI


Abraços,
Sejamos Felizes!

Lembrou de alguém que gostaria do post? Espalhe essa ideia! Compartilhe!

Leia também!

0 comentários

Todo comentário construtivo é bem vindo.
No entanto, comentários ofensivos, preconceituosos, mal educados ou incompreensíveis, serão apagados.
Comentários que sejam spam ou propaganda, que não tenham a ver com o conteúdo do post ou do blog, também serão apagados.
Se quiser contratar um serviço, utilize a página de Contato.

Obrigada pela visita!

Google Plus

Like us on Facebook

Quote do dia

"Eu agradeço pelas inúmeras vezes que você me enxergou melhor do que eu sou... Pela capacidade de me olhar mais devagar... já que muita gente já me olhou depressa demais. Olhe devagar cada coisa. Aceita o desafio de ver o que a multidão não viu. Entre cascalhos disformes, estranhos diamantes sobrevivem solitários. É bom ter amigos. Eles são pontes que nos fazem chegar aos lugares mais distantes de nós mesmos. A beleza anda de braços dados com a simplicidade. Basta observar a lógica silenciosa que prevalece nos jardins."
(Pe. Fabio de Melo)