Sol de Primavera

quinta-feira, setembro 01, 2016

Quando entrar setembro e a boa nova andar nos campos, quero ver brotar o perdão onde a gente plantou...  Já  sonhamos juntos semeando as canções ao vento. Quero ver crescer nossa voz no que falta sonhar. Já choramos muito, muitos se perderam no caminho, assim mesmo, não custa inventar uma nova canção que venha nos trazer Sol de Primavera, abre as janelas do meu peito, a lição sabemos de cor, só nos resta aprender ... (Beto Guedes )



Estamos no Inicio de mais um setembro, mês que prenuncia mais uma Primavera!


Depois da espera silenciosa do inverno,  a primavera traz para os nossos dias  diversos coloridos, perfumes e luz. Logo no início de setembro, uma luz começa a iluminar a paisagem  com brilhos suaves indicando a proximidade da estação do "renascer", na qual a Natureza nos presenteia com renovações em mais um ciclo de vida que nos inspira no cultivo da Esperança. 

Com palavras generosas, Beto Guedes, na música: "Sol de Primavera" nos lembra que, apesar das intempéries da vida, não devemos deixar de sonhar, nem desistir da Esperança ... 

É com as palavras deste artista, que desejo à Você, um "Sol de Primavera" iluminando seus dias, nos quais o cultivo e o cuidado com a esperança, sempre possam florir Alegrias e inúmeras Realizações ...



Que tal uma pausa para ouvir a música? Aperte o play e deixe o sol entrar...



Abraços com "Tudo de Flor para Você!"
Sejamos Felizes!



Imagens: AQUI


Lembrou de alguém que gostaria desse post? Espalhe essa idéia! Compartilhe!

Leia também!

0 comentários

Todo comentário construtivo é bem vindo.
No entanto, comentários ofensivos, preconceituosos, mal educados ou incompreensíveis, serão apagados.
Comentários que sejam spam ou propaganda, que não tenham a ver com o conteúdo do post ou do blog, também serão apagados.
Se quiser contratar um serviço, utilize a página de Contato.

Obrigada pela visita!

Google Plus

Like us on Facebook

Quote do dia

"Eu agradeço pelas inúmeras vezes que você me enxergou melhor do que eu sou... Pela capacidade de me olhar mais devagar... já que muita gente já me olhou depressa demais. Olhe devagar cada coisa. Aceita o desafio de ver o que a multidão não viu. Entre cascalhos disformes, estranhos diamantes sobrevivem solitários. É bom ter amigos. Eles são pontes que nos fazem chegar aos lugares mais distantes de nós mesmos. A beleza anda de braços dados com a simplicidade. Basta observar a lógica silenciosa que prevalece nos jardins."
(Pe. Fabio de Melo)