Jardins de Todos Nós: Primavera em NYC

segunda-feira, maio 02, 2016

Passando por NYC (Cidade de Nova York), na semana passada, as muitas flores que enfeitavam a cidade colorindo e quebrando a rigidez da metrópole que celebra a chegada da primavera, chamaram a atenção do querido seguidor do Jardim, Felipe A. Jacob, que resolveu compartilhar com "todos nós" sua visão.








A primavera é uma época muito agradável pra visitar Nova York. Assim que as primeiras folhas começam a brotar na cidade, os Nova Iorquinos saem da hibernação dos casacos pesados e dos ambientes fechados do inverno, para curtirem mais a vida ao ar livre nas ruas e nos parques da cidade, que assim como o humor das pessoas, em poucas semanas ficam floridos, mais coloridos e alegres.

Felipe A. Jacob



Obrigada Felipe, por compartilhar aqui, esta experiência que certamente deixou sua passagem por Nova York, mais bonita, colorida e feliz. Do mesmo modo, sua contribuição floriu o "Jardim de todos Nós" com alegria e inspiração.

E você (que está lendo esse post), gostou do compartilhamento do Felipe?

Compartilhe aqui também suas experiências. Esse espaço foi aberto para que possamos curtir nossas criações, coisas, lugares, e experiências que amamos e que nos inspiram relacionadas a Natureza.

Quer compartilhar? Clica AQUI e saiba como fazer.

Vem Junto!

Vamos compartilhar nossas experiências! Vamos semear motivações para que mais pessoas abracem a ideia de que podemos ter um mundo mais "Verde", mais "Florido" e mais "Gentil".

Abraços!
Sejamos Felizes!

Lembrou de alguém que gostaria desse post? Espalhe essa ideia! Compartilhe!

Leia também!

0 comentários

Todo comentário construtivo é bem vindo.
No entanto, comentários ofensivos, preconceituosos, mal educados ou incompreensíveis, serão apagados.
Comentários que sejam spam ou propaganda, que não tenham a ver com o conteúdo do post ou do blog, também serão apagados.
Se quiser contratar um serviço, utilize a página de Contato.

Obrigada pela visita!

Google Plus

Like us on Facebook

Quote do dia

"Eu agradeço pelas inúmeras vezes que você me enxergou melhor do que eu sou... Pela capacidade de me olhar mais devagar... já que muita gente já me olhou depressa demais. Olhe devagar cada coisa. Aceita o desafio de ver o que a multidão não viu. Entre cascalhos disformes, estranhos diamantes sobrevivem solitários. É bom ter amigos. Eles são pontes que nos fazem chegar aos lugares mais distantes de nós mesmos. A beleza anda de braços dados com a simplicidade. Basta observar a lógica silenciosa que prevalece nos jardins."
(Pe. Fabio de Melo)