Gérberas

terça-feira, abril 12, 2016

Prima mais alegre da Margarida, a Gérbera com sua forma festiva e cores vibrantes, traz em si doses de felicidade.

Gérberas

Sinônimo de Gérbera é cor. Sua característica mais marcante, cores vibrantes em diversas variações como o vermelho, amarelo, rosa, roxo, laranja, verde e branco, dão destaque a forma da flor que parece sorrir com seu carisma colorido que deixa qualquer ambiente mais alegre. A Gérbera não possui perfume, pertence a família das Asteraceae compostas. É originária da África do Sul, Ásia, América do Sul e Tasmânia. Seu nome foi atribuído pelo naturalista holandês Jan Frederik Gronavius em 1737, em homenagem a Traugott Gerber, um médico naturalista alemão.

Simbolizando a pureza e a inocência das crianças, e também a beleza da vida e a energia positiva da natureza, as Gérberas são muito apreciadas como flor de corte, tendo por isso um alto valor comercial, sendo a quinta flor mais vendida no mundo depois das rosas, cravos, crisântemos e tulipas.

No vaso como flor de corte:



Quando bem cuidadas, as Gérberas duram até duas semanas. Cuide bem de suas Gérberas assim:

  • Prefira um vaso de vidro ou porcelana para colocar suas flores.
  • O vaso deve estar bem limpo. Lave-o com água e cloro. Não utilize detergente liquido.
  • Preencha o vaso com cinco centímetros de água limpa.
  • Coloque uma solução de três gotas de cloro para cada litro de água.
  • Apare as pontas das hastes das flores em chanfro/diagonal, antes de colocá-las no vaso.
  • Troque a água a cada dois dias, sempre aparando as pontas das hastes à cada troca de água.
  • Coloque seu vaso em locais arejados e bem iluminados.

No jardim:



O cultivo da flor deve ser realizado em local arejado e onda há boa incidência de sol. Quando propagada por sementes costuma ter a segunda floração mais expressiva. As sementes são facilmente encontradas em supermercados, agropecuárias e lojas especializadas em artigos para jardinagem.

  • O solo para o plantio deve contar com boa drenagem, pois a planta não tolera solos encharcados.
  • Prepare o solo deixando-o leve e arejado para que o sistema radicular da planta se desenvolva bem. Uma dica é misturar substrato a base de fibra de coco no solo do plantio.
  • Use adubação orgânica ou NPK 4-10-8 conforme indicação no envelope das sementes.
  • A Gérbera também pode ser cultivada em vasos, prática que vem sendo muito indicada para essa planta, pois evita ocorrências de doenças e facilita a nutrição da planta.
  • Regue sem excesso, duas vezes por semana.
  • Estimule o surgimento de novas brotações realizando podas nas hastes rente ao solo no final de cada floração.


Além de lindas, as Gérberas são magníficas para purificar o ar em ambientes fechados eliminando toxicidades de produtos químicos presentes em móveis, madeiras, tapetes, etc. Saiba mais sobre Plantas que purificam o ar dentro de casa AQUI

Abraços,
Sejamos Felizes!

A Vida é da cor que a gente pinta! Pinte a sua vida com Flor e muito Amor!



Lembrou de alguém que gostaria do post? Espalhe essa idéia! Compartilhe!

Leia também!

0 comentários

Todo comentário construtivo é bem vindo.
No entanto, comentários ofensivos, preconceituosos, mal educados ou incompreensíveis, serão apagados.
Comentários que sejam spam ou propaganda, que não tenham a ver com o conteúdo do post ou do blog, também serão apagados.
Se quiser contratar um serviço, utilize a página de Contato.

Obrigada pela visita!

Google Plus

Like us on Facebook

Quote do dia

"Eu agradeço pelas inúmeras vezes que você me enxergou melhor do que eu sou... Pela capacidade de me olhar mais devagar... já que muita gente já me olhou depressa demais. Olhe devagar cada coisa. Aceita o desafio de ver o que a multidão não viu. Entre cascalhos disformes, estranhos diamantes sobrevivem solitários. É bom ter amigos. Eles são pontes que nos fazem chegar aos lugares mais distantes de nós mesmos. A beleza anda de braços dados com a simplicidade. Basta observar a lógica silenciosa que prevalece nos jardins."
(Pe. Fabio de Melo)