Extinção: o que estamos perdendo...

segunda-feira, dezembro 14, 2015


Recentemente o Vaticano se uniu com os produtores de filmes documentários denominados "Corridas de Extinção" para expor o potencial da perda maciça das espécies animais, decorrentes do comércio internacional da vida selvagem, da poluição, corrupção, do comércio de petróleo e gás, etc., para apresentar um grande espetáculo de luz e imagens de alguns dos habitantes mais ameaçados da Terra.

A impressionante exposição de luz e imagens foi projetada sobre a antiga fachada da Basílica de São Pedro, chamando a atenção de milhares de espectadores. O objetivo deste espetáculo deslumbrante foi aumentar a sensibilização em torno de questões ambientais induzidas pelo homem, bem como, encorajar os líderes políticos a agir.

Esta demonstração foi acompanhada pela carta do Papa Francisco, que implora aos seres humanos que considerem os efeitos de suas ações sobre o meio ambiente, especificamente a devastação ecológica, extinção e maus-tratos de animais.

Tudo o que é relacionado, como nós seres humanos, estão unidos como irmãos e irmãs em uma peregrinação maravilhosa, tecidos juntos pelo amor que Deus tem para cada uma de suas criaturas.

Papa Francisco

A extinção é um problema enorme, mas se cada um de nós fizermos uma pequena parte, juntos poderemos ajudar a bloquear a perda de espécies animais que já fazem parte de inúmeras listas de extinção.

O equilíbrio ecológico ocorre através da relação que se dá entre todos os organismos vivos entre si e com o ecossistema assegurando a sobrevivência das espécies bem como a preservação dos recursos naturais. Esse estado de equilíbrio também pode ser chamado de sinergia ambiental.

Muitas das catástrofes que assistimos cada vez com mais frequência ao redor do mundo são decorrentes das reações da Natureza que nos mostram o quanto o desequilíbrio nas relações entre todos os organismos vivos afeta todos nós.

Imagem acima: racingextinction

Veja as imagens que selecionei para sua apreciação e inspiração...

Imagem: via JOELSARTORE

Imagem: via NATGEO

Imagem: via WILDAID

Imagem: via ECRAN

Imagem: via OCEAN

Imagem: via EAL

Imagem: via PLOUTOSE CULTURA

Veja o Video



Esta exposição inspiradora da beleza natural que se perde e perderá no futuro, serve como um poético lembrete de que os seres humanos, os animais e o mundo são um só, ou seja, tudo faz parte de uma grande teia da vida. O equilíbrio da Terra requer condições favoráveis de forma que, todos que coabitam o mesmo sistema, possam usufruir dos meios sem que prejudiquem o próximo na cadeia natural.

Saiba mais AQUI

A felicidade mais elevada é aquela que corrige os nossos defeitos e equilibra as nossas debilidades.

Johann Goethe

Abraços,
Sejamos Felizes!

Fontes: mymodernmet; racingextinction.com


Lembrou de alguém que gostaria desse post? Compartilhe! Espalhe essa idéia!

Leia também!

0 comentários

Todo comentário construtivo é bem vindo.
No entanto, comentários ofensivos, preconceituosos, mal educados ou incompreensíveis, serão apagados.
Comentários que sejam spam ou propaganda, que não tenham a ver com o conteúdo do post ou do blog, também serão apagados.
Se quiser contratar um serviço, utilize a página de Contato.

Obrigada pela visita!

Google Plus

Like us on Facebook

Quote do dia

"Eu agradeço pelas inúmeras vezes que você me enxergou melhor do que eu sou... Pela capacidade de me olhar mais devagar... já que muita gente já me olhou depressa demais. Olhe devagar cada coisa. Aceita o desafio de ver o que a multidão não viu. Entre cascalhos disformes, estranhos diamantes sobrevivem solitários. É bom ter amigos. Eles são pontes que nos fazem chegar aos lugares mais distantes de nós mesmos. A beleza anda de braços dados com a simplicidade. Basta observar a lógica silenciosa que prevalece nos jardins."
(Pe. Fabio de Melo)