SER Livre

sexta-feira, outubro 02, 2015

Liberdade, que estais no céu...
Rezava o padre nosso que sabia
A pedir-te, humildemente,
O pio de cada dia.
Mas a tua bondade
Omnipotente nem me ouvia.


Liberdade, que estais na terra...
E a minha voz crescia de emoção.
Mas um silêncio triste sepultava
A fé que ressumava da oração.
Até que um dia, corajosamente,
Olhei noutro sentido, e pude, deslumbrado,
Saborear enfim, o pão da minha fome.
Liberdade, que estais em mim,
Santificado seja vosso nome.

(Miguel Torga)


Vejo muitas pessoas se queixando de não terem liberdade, pois acreditam que ela só existe para aqueles que conseguem satisfazer seus desejos. Confundem ser livre com poder viver em liberdade fazendo somente o que querem fazer. Mas, como bem dito por Jean-Jacques Rosseau: " A verdadeira liberdade do homem não está em fazer o que se quer, mas sim em nunca fazer o que não quer."

A verdadeira experiência da liberdade é vivenciada interiormente através da compreensão que ela não reside na simples satisfação dos nossos desejos, mas na capacidade de nos mantermos fiéis a nós mesmos e a nossos sentimentos, independente das influências externas. Nesse sentido, é importante nos libertamos dos aprisionamentos produzidos pelo ego através de sentimentos como orgulho, ciúme, vaidade, ganância, desejo de posse, etc, que nos impedem de viver uma vida livre de sofrimentos, que creio seja o desejo de todos nós: "Saborear o pão da "nossa" fome. Liberdade que estais em nós, Santificado seja vosso nome.


Abraços,
Sejamos Felizes!


Lembrou de alguém que gostaria desse post? Espalhe essa idéia! compartilhe!



Gifs: 1 web, 2 teka

Leia também!

0 comentários

Todo comentário construtivo é bem vindo.
No entanto, comentários ofensivos, preconceituosos, mal educados ou incompreensíveis, serão apagados.
Comentários que sejam spam ou propaganda, que não tenham a ver com o conteúdo do post ou do blog, também serão apagados.
Se quiser contratar um serviço, utilize a página de Contato.

Obrigada pela visita!

Google Plus

Like us on Facebook

Quote do dia

"Eu agradeço pelas inúmeras vezes que você me enxergou melhor do que eu sou... Pela capacidade de me olhar mais devagar... já que muita gente já me olhou depressa demais. Olhe devagar cada coisa. Aceita o desafio de ver o que a multidão não viu. Entre cascalhos disformes, estranhos diamantes sobrevivem solitários. É bom ter amigos. Eles são pontes que nos fazem chegar aos lugares mais distantes de nós mesmos. A beleza anda de braços dados com a simplicidade. Basta observar a lógica silenciosa que prevalece nos jardins."
(Pe. Fabio de Melo)