Fósseis da vida cotidiana

quinta-feira, outubro 15, 2015


Fósseis, cuja palavra fóssil, deriva do termo latino "fossilis" que significa desenterrado, são restos ou vestígios preservados de animais, plantas ou outros seres vivos ou evidências de suas atividades biológicas preservados em diversos materiais. Essa preservação ocorre principalmente em rochas, mas pode também ocorrer em materiais como sedimentos, gelo, piche, resinas, solos e cavernas.

A ciência que estuda os fósseis é a Paleontologia, nessa área do conhecimento, os fósseis fornecem dados importantes quanto a evolução biológica, datação e reconstituição da história biológica da Terra. Existem diferentes tipos de fósseis e diferentes processos de fossilização, que são utilizados para preservar ou reproduzir fósseis encontrados, como por exemplo, no caso da reprodução, para exibir um mesmo exemplar em diferentes museus.

A idéia da reprodução de fósseis aliada aos conhecimentos adquiridos nos estudos em Belas Artes, seguidos por estágios no Inglês National Opera, Teatro Globe e no The Royal Opera House, levou a artista Rachel Dein, a se aperfeiçoar  em moldes fundidos em gesso, com os quais cria o que ela chama de fósseis do cotidiano.

Mas o que vem a ser fósseis do cotidiano? 


Qualquer objeto que seja dotado de um significado especial que promova um grande desejo de ser preservado. Preservar de uma maneira diferente e sensível, é o que Rachel faz através do seu trabalho, que eleva um processo artesanal simples à preservação de memórias com status de relíquia.

Eu desfruto a magia da fundição de gesso, para criar fósseis da vida cotidiana. Quer se trate de uma conha encontrada no feriado, uma fita preciosa de sua avó, um vestido de batismo ou as flores do casamento.

Rachel Dein

O método de vazamento de gesso de Rachel Dein capta objetos do cotidiano de uma forma única e delicada. Ela faz impressões em argila úmida e, em seguida, derrama gesso diretamente sobre eles. A argila captura os detalhes mais intrincados colorindo sutilmente o gesso com suas definições. Cada molde de argila só pode ser usado uma vez, tornando cada peça única no formato de placas que podem ainda receber diversos tipos de pintura ou simplesmente serem finalizadas ao natural.

Conheça o trabalho de Rachel nas imagens que selecionei para sua inspiração...












Saiba + sobre o trabalho de Rachel Dein - AQUI

Amar o perdido deixa confundido este coração.
Nada pode o olvido contra o sem sentido apelo do não.
As coisa tangíveis tornam-se insensíveis à palma da mão.
Mas as coisas findas muito mais que lindas, essas ficarão.

Memória - Carlos Drummond de Andrade

Abraços,
Sejamos Felizes!

Fontes: ThisisColossal; sobiologia.com; site Tátil Studio. 

Lembrou de alguém que gostaria desse post? Espalhe essa idéia! Compartilhe!

Leia também!

0 comentários

Todo comentário construtivo é bem vindo.
No entanto, comentários ofensivos, preconceituosos, mal educados ou incompreensíveis, serão apagados.
Comentários que sejam spam ou propaganda, que não tenham a ver com o conteúdo do post ou do blog, também serão apagados.
Se quiser contratar um serviço, utilize a página de Contato.

Obrigada pela visita!

Google Plus

Like us on Facebook

Quote do dia

"Eu agradeço pelas inúmeras vezes que você me enxergou melhor do que eu sou... Pela capacidade de me olhar mais devagar... já que muita gente já me olhou depressa demais. Olhe devagar cada coisa. Aceita o desafio de ver o que a multidão não viu. Entre cascalhos disformes, estranhos diamantes sobrevivem solitários. É bom ter amigos. Eles são pontes que nos fazem chegar aos lugares mais distantes de nós mesmos. A beleza anda de braços dados com a simplicidade. Basta observar a lógica silenciosa que prevalece nos jardins."
(Pe. Fabio de Melo)