Alecrim - Alegria

terça-feira, outubro 27, 2015


O Alecrim é minha planta aromática e medicinal favorita. Falar dela é tão delicioso quanto desfrutar de seu perfume, sabor e inúmeros benefícios que ela proporciona para nossa saúde. E, nesse sentido, para falar gostosamente sobre o "Alecrim", trago para esse post, alguns trechos do Livro "As Ervas do Sítio", que aliás eu super recomendo, da escritora Rosy L. Bornhausen, que escreve amorosamente sobre as propriedades e peculiaridades das ervas que a Natureza dispõe generosamente ao nosso favor.

Então, vamos às "Alegrias do Alecrim" com Rosy L. Bornhausen e alguns pitacos meus.

O Alecrim é uma planta linda, cheirosa e extremamente útil. Seu nome latino, rosmarinun, significa "o orvalho que vem do mar", porque as praias do Mediterrâneo cheiravam ao alecrim que crescia espontaneamente em suas areias. Sozinho vale por uma farmácia medicinal e cosmética, e na cozinha de diversos países é um condimento importante e sempre presente.

É um arbusto forte, lenhosos, com folhas pontiagudas como as do pinheiro, verde escuras na frente e prateada atrás. as lendas nos contam que suas flores eram brancas e ficaram azuis quando Nossa Senhora descansou com o menino Jesus à sua sombra na viagem de fuga para o Egito.


Também se diz que um pé de alegrim jamais terá altura superior à de Cristo quando adulto, e que foi com um de seus ramos floridos que um jovem príncipe tentou e conseguiu despertar a Bela Adormecida de seu sono de cem anos.

Os sicilianos ensinam para as suas crianças que as fadas meninas gostam de se transformar em serpentes e brincar à sombra dos alecrins cheirosos, e muitos povos têm certeza de que a planta só floresce no jardim do homem justo e piedoso. Outros acham ainda que só fica viçosa quando quem manda na casa é a mulher.


Acredita-se desde tempos muito antigos que o  alecrim estimula a memória, e os estudantes gregos tinham o habito de entrelaçar ramos em seus cabelos quando estudavam para os exames. É também considerado símbolo da amizade, porque as pessoas que o usam sempre lembram dos amigos.

Nos casamentos era usado nas grinaldas das noivas pra dar sorte, nos enterros para dar paz ao morto, e, nas igrejas e hospitais, queimado como incenso para santificar e purificar o ambiente. Parece ainda que o famoso "néctar dos deuses" era mel de alecrim... Será preciso dizer mais alguma coisa? Seu uso em tantas regiões do mundo e em culturas tão diversas mostram, como já disse, que em se tratando de ervas é impossível separar a lenda da realidade, e o melhor é acreditar que elas são mesmo um maravilhosos presente de Deus.

O plantio

É muito fácil plantar um pé de alecrim. Como a grande maioria das ervas, é pouco exigente quanto ao solo, quase imune às pragas comuns dos jardins, prefere os lugares ensolarados, mas tolera bem um pouco de sombra, e fica verde o ano inteiro. Multiplica-se por meio de mudas, galhos e sementes, e como é uma planta perene, depois de alcançar mais ou menos 1 metro de altura serve como planta mãe durante muitos anos. Só não gosta de ser transplantado depois de grande. Aí, muitas vezes seca e morre.

Na medicina alternativa e usado como tônico cardíaco e para dores de cabeça. É fantástico para os rins e equilibra a pressão arterial. Além disso, é utilizado nos estados de depressão, alivia dores reumáticas e auxilia na digestão. Seu uso mais comum é em chás. vinagres e óleos.

Na cozinha o alecrim pode ser usado com sucesso em todas as carnes brancas, especialmente perus, carneiros e frangos. Em Portugal, o 'cheirinho de alecrim" está sempre presente. Peixes, batatas e omeletes ficam mais saborosos, e os molhos, com uma pitadinha da erva fresca, ficam com um aroma todo especial. Na parte cosmética o difícil é saber o que não se faz com o alecrim, porque seus superpoderes embelezam e rejuvenescem os cabelos, o rosto e o corpo.


Dentro de casa ou no jardim o alecrim é sempre um privilégio. Como já disse, a planta é linda e lembra muito um pinheirinho. No Natal meus presépios são enfeitados com muitos dos seus ramos verdes e floridos. Água fervendo com muitas folhinhas de alecrim num recipiente de cerâmica faz sumir qualquer cheiro de cozinha e deixa a casa inteira perfumada. Dentro dos armários e das gavetas a erva afasta as traças. Na França, o incenso de alecrim é tão usado que seu nome é também "incensier". O seu óleo essencial é usado para perfumar velas.

No aspecto mágico o alecrim pode ser usado debaixo do travesseiro para afastar os maus sonhos. Antigamente os jovens costumavam passear com um ramo de alecrim nas mãos para com ele tocar na pessoa amada e ter seu amor para sempre. É a erva da juventude eterna, do amor, da amizade e da alegria de viver.


Se gostou do texto, vai gostar de conhecer os livros de Rosy L. Bornhausen. Sua obra é deliciosa tanto para ler, quanto para aprender com as dicas preciosas dadas por ela. Rosy foi pioneira na divulgação das propriedades medicinais, cosméticas e culinária das plantas, além de ter sido uma das primeiras brasileiras contemporâneas a tratar de conceitos como a valorização da cultura popular, a contenção do consumo e a busca pelo equilíbrio. Vale conferir!

Espero que o texto tenha inspirado ao experimento que certamente surpreenderá com as diversas potencialidades desta planta fabulosa que é o Alecrim. E, com tanta versatilidade, há ainda muito o que explorar sobre ela, por isso, estou preparando mais posts sobre o alecrim pela frente é só acompanhar o blog para saber. Enquanto isso, inspire-se e escolha uma forma para experimentar o Alecrim e desfrutar da alegria que ele irá proporcionar.

Abraços,
Sejamos Felizes!

Fontes: Livro: As Ervas do Sítio - Rosy Bornhausen; Imagens: seleções google.


Lembrou de alguém que gostaria desse post? Espalhe essa idéia! Compartilhe!

Leia também!

0 comentários

Todo comentário construtivo é bem vindo.
No entanto, comentários ofensivos, preconceituosos, mal educados ou incompreensíveis, serão apagados.
Comentários que sejam spam ou propaganda, que não tenham a ver com o conteúdo do post ou do blog, também serão apagados.
Se quiser contratar um serviço, utilize a página de Contato.

Obrigada pela visita!

Google Plus

Like us on Facebook

Quote do dia

"Eu agradeço pelas inúmeras vezes que você me enxergou melhor do que eu sou... Pela capacidade de me olhar mais devagar... já que muita gente já me olhou depressa demais. Olhe devagar cada coisa. Aceita o desafio de ver o que a multidão não viu. Entre cascalhos disformes, estranhos diamantes sobrevivem solitários. É bom ter amigos. Eles são pontes que nos fazem chegar aos lugares mais distantes de nós mesmos. A beleza anda de braços dados com a simplicidade. Basta observar a lógica silenciosa que prevalece nos jardins."
(Pe. Fabio de Melo)