Paisagens esculpidas em Livros

quinta-feira, julho 23, 2015


O artista Guy Laramee, tem se destacado com sua capacidade de transformar velhos livros e enciclopédias que seriam descartadas, em incríveis paisagens montanhosas. Sua inspiração vem de lugares que ele visitou e que reproduz através de sua arte, esculpindo-os em materiais impressos que estão sendo substituídos pela tecnologia.

Aproveitando o volume de páginas e mais páginas de publicações, Laramee recria cada árvore, relevo, fendas e vegetações que compõem as paisagens da Terra, dando ênfase às erosões que representam a passagem do tempo.

Durante sua mais recente viagem ao sul do Brasil, seu encantamento não ficou restrito só às paisagens, Laramee foi seduzido também pela beleza das aves que vivem nos locais que visitou. A beleza destas aves inspirou a adição de outro recurso à suas esculturas. Além da transformação do interior dos livros em paisagens tridimensionais, o artista decidiu também utilizar suas capas para retratar as aves. Pintando retratos elaborados de aves brasileiras no exterior de suas esculturas, Laramee pretende mostrar aos espectadores que tanto a Natureza quanto a literatura não são unilaterais.
"Vivemos em livros. Vivemos em nossas cabeças. As aves vivem sempre no frescor do momento. É isso aí, as aves vivem no lugar onde nada mais precisa ser dito e no entanto elas cantam. Talvez porque onde vivem é onde deveríamos viver... Na solidão de paisagens virgens, podemos redescobrir o nosso relacionamento íntimo com o mundo, e perceber que, nunca nos desconectamos da natureza, mesmo quando a transformamos, nós não somos do mundo, porque o mundo está em nós."(Guy Laramee)


Veja as imagens que selecionei para sua apreciação e inspiração...







Dizem que uma imagem vale mais do que mil palavras, nesse sentido a Arte tem o poder de nos tocar de forma mais imediata transformando muitas vezes a forma como vemos o mundo ao nosso redor. Ao utilizar de uma nova maneira, velhas fontes de conhecimento que estão a caminho de serem obsoletas a medida que a tecnologia avança, o artista coloca em questão o que está em risco de se perder culturalmente se esses livros físicos de fato desaparecerem, assim como a Natureza, que espero, não seja no futuro, apenas uma lembrança...

Saiba + sobre Guy Laramee e sua obra AQUI

Abraços,
Sejamos Felizes!

Lembrou de alguém que gostaria desse post? Espalhe essa idéia! Compartilhe!


Fontes: mymodernmet; beautifuldecay; site do artista.

Leia também!

0 comentários

Todo comentário construtivo é bem vindo.
No entanto, comentários ofensivos, preconceituosos, mal educados ou incompreensíveis, serão apagados.
Comentários que sejam spam ou propaganda, que não tenham a ver com o conteúdo do post ou do blog, também serão apagados.
Se quiser contratar um serviço, utilize a página de Contato.

Obrigada pela visita!

Google Plus

Like us on Facebook

Quote do dia

"Eu agradeço pelas inúmeras vezes que você me enxergou melhor do que eu sou... Pela capacidade de me olhar mais devagar... já que muita gente já me olhou depressa demais. Olhe devagar cada coisa. Aceita o desafio de ver o que a multidão não viu. Entre cascalhos disformes, estranhos diamantes sobrevivem solitários. É bom ter amigos. Eles são pontes que nos fazem chegar aos lugares mais distantes de nós mesmos. A beleza anda de braços dados com a simplicidade. Basta observar a lógica silenciosa que prevalece nos jardins."
(Pe. Fabio de Melo)