Costurando a Natureza

sábado, agosto 23, 2014


Com Linha e agulha eu mudo minha vida. Em um pequeno ponto de amor eu faço uma viagem. Enquanto bordo, eu creio, eu vivo, eu divido o desejo. (Anônimo)


Ponto a ponto, a artista americana Hillary Fayle, vai tecendo bordados sobre a Natureza morta de folhas secas, sementes e galhos. Seu trabalho, além de dar vida nova as folhas mortas com seus delicados bordados, sopra inspirações em nossas mentes.


Usando fios coloridos de algodão, Fayle gira cuidadosamente as telas de folhas naturais, tecendo bordados delicados repletos de possibilidades. As peças resultantes, enredadas e vibrantes, são uma homenagem as artes e ofícios tradicionais e ao nosso mundo natural.


Atualmente, dedicando-se a um mestrado sobre materiais para artesanato na Universidade Virginia Commonwealth, em Richmond, Virginia, Hillary Fayle, utiliza as folhas secas naturais no seu trabalho como matéria prima, agregando a elas, bordados com tramas delicadas para criar pequenas e efêmeras obras de arte.


Para proteger e fazer sua obra de arte efêmera durar mais tempo, ela reveste as folhas ornamentadas com um conservante não tóxico antes de intervir com seus pontos de bordado. Mas, adornar folhas, galhos e sementes com padrões rendados, não é a única maneira que a artista reflete seu amor pela Natureza. Ela também tem feito experiências com o corte das folhas, criando imagens e padrões que prestam homenagem ao mundo natural enredado.

"Há um equilibrio belo e complexo na Natureza e na maneira que podemos interagir com o mundo natural que nos rodeia. É essa relação delicada e elaborada que tento transmitir com o meu trabalho. Como eu seleciono os materiais que vou utilizar a partir do mundo natural que nos rodeia, procuro transmitir às pessoas a importância de proteger e preservar os recursos naturais. Viver de forma consciente e sustentável é muito importante para mim em todos os aspectos da minha vida. Ao usar para criar, esses materiais que a natureza descarta naturalmente, eu sou capaz de fazer o que eu amo sem prejudicar demais o eco-sistema." (Hillary Fayle)

Veja as imagens que selecionei para sua apreciação e inspiração, e muito + sobre Hillary Fayle AQUI.






É bonito na vida poder costurar os sonhos, bordar histórias e aprender desatar os nós dos nossos dias...


Abraços,
Sejamos Felizes!


Lembrou de alguém que gostaria desse post? Espalhe essa idéia! Compartilhe!


Fontes: inhabitat, colossal, burdifieldpenney.org, imagens: web


Leia também!

0 comentários

Todo comentário construtivo é bem vindo.
No entanto, comentários ofensivos, preconceituosos, mal educados ou incompreensíveis, serão apagados.
Comentários que sejam spam ou propaganda, que não tenham a ver com o conteúdo do post ou do blog, também serão apagados.
Se quiser contratar um serviço, utilize a página de Contato.

Obrigada pela visita!

Google Plus

Like us on Facebook

Quote do dia

"Eu agradeço pelas inúmeras vezes que você me enxergou melhor do que eu sou... Pela capacidade de me olhar mais devagar... já que muita gente já me olhou depressa demais. Olhe devagar cada coisa. Aceita o desafio de ver o que a multidão não viu. Entre cascalhos disformes, estranhos diamantes sobrevivem solitários. É bom ter amigos. Eles são pontes que nos fazem chegar aos lugares mais distantes de nós mesmos. A beleza anda de braços dados com a simplicidade. Basta observar a lógica silenciosa que prevalece nos jardins."
(Pe. Fabio de Melo)