Balanços no Jardim

segunda-feira, julho 14, 2014



Quando criança, eu era sempre atraída pelos balanços em árvores, playgrounds, etc. Adorava ver o mundo flutuando ao meu redor toda vez que impulsionava o balanço mais para o alto me aproximando do céu, e após, me deixando embalar mansa e confortavelmente enquanto o balanço ia gradativamente perdendo o impulso até que meus pés voltassem a tocar o chão...

Independentemente de se ter uma árvore para um balanço no jardim, e independente de se ter o próprio jardim, se você gosta da simples sensação de conforto que o movimento do balanço produz ao nos embalar, remetendo ao aconchego parecido com um colo carinhoso e reconfortante, veja algumas sugestões que selecionei para sua apreciação e inspiração:


Materiais feitos de fibras naturais como o ratam, vime, sisal, dentre outros, resistentes as intempéries, tornaram-se populares e muito apreciados pelos fabricantes de mobiliários para áreas externas. Muitas empresas oferecem cadeiras para pendurar e balançar, confeccionadas com estes materiais. Elas podem ser penduradas em elementos construtivos como vigas gerais, pérgolas ou suspensas em estruturas próprias, o que favorece o deslocamento para diversos locais.




O Clássico balanço da varanda ou terraço, parece nunca envelhecer. Em materiais naturais e madeiras, ao natural ou com acabamentos coloridos, adornados com almofadas confortáveis, colchas ou mantas, elas atraem a todos como um lugar aconchegante para passar algumas horas em boa companhia ou simplesmente para relaxar numa solidão tranquila.



Existem muitas estruturas que se harmonizam com o meio natural, seja num canto em meio ao jardim ou sob um pergolado, balanços serão sempre apreciados. Se tiver uma árvore então, é luxo só. E nela, qualquer estrutura desde uma única prancha de madeira até fibras naturais, ferro, etc, agregarão mais um prazer tendo a sua copa como proteção. E que maneira fabulosa é ver o céu ensolarado ou uma noite estrelada se balançando sob a copa rendada de uma árvore...



Render-se a suavidade de um balanço, é uma opção que pode ser incorporada em qualquer ambiente. Afinal em um mundo repleto de multi tarefas, onde a rapidez impera para tudo, poder permitir-se relaxar, dentro ou fora de casa é praticamente uma obrigação. E relaxar através do movimento suave de um balanço é o mesmo que simplesmente reviver a arte perdida de apenas "SER"e "SENTIR".





Cadeiras de balanços são associadas comumente ao laser, diversão, descanso, relaxamento e prazer. Como elemento decorativo tanto em áreas internas como externas, estas cadeiras conferem um toque de elegância e conforto descontraído em qualquer ambiente. Eu, particularmente, gosto muito desta proposta em ambientes externos como varandas, terraços, pergolados e até mesmo em meio ao Jardim. Mas existem inúmeras possibilidades para os mais variados ambientes.

Se você gostou de alguma, abrace a idéia de se deixar embalar e seja feliz!

Lembrou de alguém que gostaria desse post? Espalhe essa idéia! Compartilhe!


Imagens: Web.

Leia também!

0 comentários

Todo comentário construtivo é bem vindo.
No entanto, comentários ofensivos, preconceituosos, mal educados ou incompreensíveis, serão apagados.
Comentários que sejam spam ou propaganda, que não tenham a ver com o conteúdo do post ou do blog, também serão apagados.
Se quiser contratar um serviço, utilize a página de Contato.

Obrigada pela visita!

Google Plus

Like us on Facebook

Quote do dia

"Eu agradeço pelas inúmeras vezes que você me enxergou melhor do que eu sou... Pela capacidade de me olhar mais devagar... já que muita gente já me olhou depressa demais. Olhe devagar cada coisa. Aceita o desafio de ver o que a multidão não viu. Entre cascalhos disformes, estranhos diamantes sobrevivem solitários. É bom ter amigos. Eles são pontes que nos fazem chegar aos lugares mais distantes de nós mesmos. A beleza anda de braços dados com a simplicidade. Basta observar a lógica silenciosa que prevalece nos jardins."
(Pe. Fabio de Melo)