Telhado Verde no Centro Cultural São Paulo

segunda-feira, maio 26, 2014




O Centro Cultural São Paulo (CCSP), é um dos meus lugares preferidos para passar um tempo envolvida com a cultura em suas diversas modalidades. Também conhecido como Centro Cultural Vergueiro, por estar ao lado da estação de Metrô Vergueiro, o local é um polo cultural de Arte e lazer, onde o visitante conta com bibliotecas, salas para apresentações de teatro, música, além de diferentes atividades sociais, educativas e comunitárias.


Mas, o que quero destacar neste post, é o Jardim Suspenso, que surgiu a partir da criação de  um verdadeiro "Telhado Verde" sobre o Centro Cultural São Paulo, com direito a área de lazer e horta comunitária, que tem chamado a atenção de visitantes de muitas partes do mundo ao ser reconhecido como um modelo de agricultura urbana a ser seguido.


O edifício original foi inspirado no Centro Pompidou, em Paris, no qual as tubulações são expostas, existem várias entradas e espaços distribuídos em vários níveis de mezaninos. Por ter sido desenvolvido entre duas avenidas com níveis diferentes, Rua Vergueiro (nível superior) e Av. 23 de Maio (nível inferior), a arquitetura privilegiou a topografia existente criando espaços abaixo do nível do solo a partir da Rua Vergueiro, onde se localizam a biblioteca, o café e espaços para exposições.


Uma escada em espiral liga o interior do Centro Cultural ao Jardim Suspenso, em seu telhado revestido de grama que se estende por toda a extensão do edifício, com vista para a Av. 23 de Maio abaixo. Nesta área os visitantes podem descansar num dos inúmeros bancos dispostos ao ar livre sobre a grama, que transformaram o Telhado Verde num Jardim Urbano que tem sido um dos maiores destaques do local.


Além da área de laser, o Jardim também abriga uma Horta comunitária, criada em parceria com a rede "Hortelões Urbanos", que orienta e incentiva a prática da agricultura urbana em São Paulo. Localizado em uma das extremidades do telhado, esta horta a céu aberto, conta com um local apropriado para o crescimento de ervas e hortaliças, onde, tanto em camas estruturadas para o plantio de diversas culturas, quanto no próprio solo do Telhado Verde, podem crescer alinhadas e contando com um sistema de filtragem de água para regas.




E como a horta é comunitária, todas as pessoas podem participar tanto do plantio como também da colheita que acontecem no ultimo domingo de cada mês. O Centro Cultural São Paulo fica na Rua Vergueiro, 1000 - Paraíso - São Paulo, capital.

Saiba mais sobre ao o CCSP e sua Horta coletiva - AQUI. Não deixe de assistir aos vídeos com dicas para você aprender a plantar sua própria horta caseira.

As Hortas urbanas geram muitos benefícios relacionados ao bem-estar físico, emocional e socioculturais através dos espaços nos quais as pessoas podem se relacionar, fazendo uso coletivo e integrando produção com lazer. Remetendo à memórias do campo, contribuem, ao criarem uma paisagem humanizada nos grandes centros urbanos, além de transformarem os espaços urbanos em espaços produtivos.

Se gostou, faça como eu que já gostava do CCSP, e passei a ter mais um motivo especial para visitá-lo.

Quem sabe a gente se encontra por lá.

Abraços,
Sejamos Felizes!


Lembrou de alguém que gostaria desse post? Espalhe essa idéia! Compartilhe!

Leia também!

2 comentários

  1. Eu gosto muito do CCSP. Na época do colégio eu ia muito lá, vi exposições e shows muito legais. Essa ideia do telhado verde ficou sensacional. Antes todas as instituições pensassem nisso.

    ResponderExcluir
  2. Tem muita coisa boa que pode ser feita para proporcionar mais beleza e bem-estar às pessoas. Esta iniciativa do CCSP, é um pequeno exemplo com grande efeito. bjsss

    ResponderExcluir

Todo comentário construtivo é bem vindo.
No entanto, comentários ofensivos, preconceituosos, mal educados ou incompreensíveis, serão apagados.
Comentários que sejam spam ou propaganda, que não tenham a ver com o conteúdo do post ou do blog, também serão apagados.
Se quiser contratar um serviço, utilize a página de Contato.

Obrigada pela visita!

Google Plus

Like us on Facebook

Quote do dia

"Eu agradeço pelas inúmeras vezes que você me enxergou melhor do que eu sou... Pela capacidade de me olhar mais devagar... já que muita gente já me olhou depressa demais. Olhe devagar cada coisa. Aceita o desafio de ver o que a multidão não viu. Entre cascalhos disformes, estranhos diamantes sobrevivem solitários. É bom ter amigos. Eles são pontes que nos fazem chegar aos lugares mais distantes de nós mesmos. A beleza anda de braços dados com a simplicidade. Basta observar a lógica silenciosa que prevalece nos jardins."
(Pe. Fabio de Melo)