Eu Tô Grávida!!!

segunda-feira, maio 05, 2014


Estar grávida é estar esperando com alegria por algo especial, assim como um desejo que é alimentado e cuidado até que se realize. E o desejo que costuma mobilizar a vida de uma grávida, pode estar em querer sentir a terra, em ver um beija-flor, e dentre outras tantas coisas, esperar pelo milagre da vida...


Este post, é para falar do desejo que acompanha todo estado de gestação, desde uma simples idéia até a concretude de uma realização. E para aquecer a proposta do desejo, o poema, letra da canção "Grávida", sucesso na voz de Marina Lima, traz um enfoque especial para o estado de tudo que necessita de uma espera, um tempo de maturação para existir e que a gravidez pode ser muito mais abrangente...


Grávida

(Marina Lima/ Arnaldo Antunes)

Eu tô grávida
Grávida de um beija-flor
Grávida de Terra
de um liquidificador.
E vou parir um terremoto, uma bomba, uma cor,
uma locomotiva a vapor,
um corredor.
Eu tô grávida
esperando um avião.
Cada vez mais grávida
estou grávida de chão.
E vou parir sobre a cidade
Quando a noite contrair
E o sol dilatar
Dar a luz.
Eu tô grávida de uma nota musical,
De um automóvel,
De uma árvore de Natal.
E vou parir uma montanha,
Um cordão umbilical, um anticoncepcional,
Um cartão postal.
Eu tô grávida esperando um furacão,
Um fio de cabelo, uma bolha de sabão.
E vou parir sobre a cidade
Quando a noite contrair
E o sol dilatar
Dar a luz.

A riqueza do poema está no jogo original de palavras que mostra o encantamento de quem esta grávida de muitas coisas relacionadas às sensações e emoções que nos mobilizam na busca de sentido para nossas vidas. E a idéia de gravidez, no sentido daquilo que se deseja, e que enquanto se espera, cuida até que chegue o momento da compensação, inspirou o projeto de estar grávida (o) de uma planta, idealizado pela designer Alice Kim.

Seu projeto: "Planta Gravidez", consiste na criação de um colete com uma bolsa frontal, tudo em material de PVC transparente, para ser vestido como se fosse um útero externo, por aqueles que têm o desejo de cuidar e proteger pequenas mudas de plantas, durante o frágil período do seu desenvolvimento inicial. Para isso, o projeto destaca as semelhanças entre a reprodução e os processos de crescimentos de grande parte da vida na Terra, para através do uso do colete, criar uma conexão entre as pessoas e os organismos que dependem delas para sua sobrevivência.


Os participantes que vestiram a camisa do projeto, ou melhor, o colete do projeto, se comprometeram em carregar a plantinha em gestação durante todos os momentos dos seus cotidianos. E todos foram unânimes em seus impressionantes e instigantes relatos, sobre o fato do uso do útero externo, promover uma conexão muito forte com a plantinha, não só com relação a responsabilidade e cuidado, mas também com relação ao desenvolvimento de sentimento afetivo. E ainda ganharam um bônus extra através da ausência de enjôos, desejos estranhos e dores agonizantes de parto, além de após o final do processo, poderem cuidar do rebento...






















Esta experiência teve como principal objetivo da sua idealizadora, lembrar aos seres humanos a grande importância do cuidado e do esforço necessários no acompanhamento de uma vida que "brota", como uma espécie de dívida de respeito com a flora do Planeta. E nesse sentido, lembrando o quanto uma gravidez pode ser abrangente com relação aos muitos objetos do nosso desejo, EU TÔ GRÁVIDA,  de um mundo mais verde, onde o ser humano possa se reaproximar da Natureza, reconhecer seus benefícios e ser mais feliz!
"Cada vez mais grávida"
E vou parir sobre a cidade
Quando a noite contrair
E o sol dilatar
Dar a luz."
Ouça a música AQUI
Abraços,
Sejamos Felizes!

Lembrou de alguém que gostaria desse post? Espalhe essa idéia! Compartilhe!


Fonte: inhabitat; imagens: web; foto de abertura Anne Geddes.

Leia também!

0 comentários

Todo comentário construtivo é bem vindo.
No entanto, comentários ofensivos, preconceituosos, mal educados ou incompreensíveis, serão apagados.
Comentários que sejam spam ou propaganda, que não tenham a ver com o conteúdo do post ou do blog, também serão apagados.
Se quiser contratar um serviço, utilize a página de Contato.

Obrigada pela visita!

Google Plus

Like us on Facebook

Quote do dia

"Eu agradeço pelas inúmeras vezes que você me enxergou melhor do que eu sou... Pela capacidade de me olhar mais devagar... já que muita gente já me olhou depressa demais. Olhe devagar cada coisa. Aceita o desafio de ver o que a multidão não viu. Entre cascalhos disformes, estranhos diamantes sobrevivem solitários. É bom ter amigos. Eles são pontes que nos fazem chegar aos lugares mais distantes de nós mesmos. A beleza anda de braços dados com a simplicidade. Basta observar a lógica silenciosa que prevalece nos jardins."
(Pe. Fabio de Melo)