O que vem a ser felicidade?

quarta-feira, janeiro 15, 2014




O que vem a ser felicidade, toda a explicação perde o valor... É tão claro e simples que é verdade quando alguém diz que invade a fronteira do amor.


E, sem perceber leva consigo, uma cauda aberta de pavão, que é como um baralho sobre a mesa, feito um leque azul turquesa ventilando o coração. 

Como tudo é tão diferente! O ciúme, a dor, o amor, a paixão... Mas a felicidade é tudo junto, todo o tempo num segundo não explicaria nem se a flor viesse antes do botão. 


Esse sentimento poderoso é estado, é capital é um país. E o que há de mais maravilhoso é descobrir que, o tempo inteiro estava  a um palmo do nariz.


E, todo o percurso transcorrido, leva-nos a ser contidos quando tudo é explosão, porque a felicidade é um rio denso e precisa de silêncio pra falar ao coração. (Orlando Morais) 



Ah, essa tal felicidade cantada em versos e prosas por tantos e almejada e perseguida por todos. O que vem a ser? Um acontecimento? Um estado de espírito? Para mim, ambos, ou seja, um acontecimento que altera de forma positiva nosso estado de espírito. A felicidade não é algo que pode ser ofertado nem roubado. É um direito natural de todo o ser humano, e por  interferir no nosso estado de espírito, requer uma vida interior rica e criativa, sempre em movimento na busca do aprimoramento.

Para conquistar a felicidade é preciso, antes de tudo, aprender a valorizar os sentimentos e as experiências positivas, mesmo em momentos de crise. O que é felicidade e o que nos torna mais felizes? São respostas que a Psicologia Positiva vem buscando desde o início da década de 1980. A Psicologia Positiva é o estudo científico das potencialidades e das virtudes que habilitam os indivíduos, os grupos e as sociedades a viverem de maneira mais saudável. E, eu como adoro tudo que tenha relação com inspiração e também com busca de felicidade, preparei este post para convidá-los à uma reflexão a respeito.

O Filme, "EU MAIOR", que traz uma reflexão contemporânea sobre auto conhecimento e busca da felicidade, é a minha dica para esta reflexão. O filme foi lançado no dia 21/11/2013 em diversas plataformas, além de ter sido disponibilizado pelos seus criadores na integra no YouTube. Se você também se liga em inspiração e busca de felicidade para sua vida, não deixe de assistir. Afinal, felicidade não cai do céu. Felicidade é obra de uma vida, construída dia-a-dia, ou seja, é uma busca que necessita da prática da reflexão que nos leva ao auto conhecimento, fundamental para que possamos saber o que de fato nos faz Felizes.

Aperte o play e Seja Feliz!



Imagens web.
"Não te acostumes com o que não te faz feliz..." (Fernando Pessoa)

Lembrou de alguém que gostaria desse post? Espalhe essa idéia! Compartilhe! 

Leia também!

2 comentários

  1. Costumo pensar que não existe felicidade, existem momentos felizes. rs

    Belo post. Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Olá sybylla, que bom que você gostou do post. A felicidade tem sentidos diferentes para cada pessoa, compreender o que nos faz feliz é um exercício constante de autoconhecimento. Uma leitura que eu recomendo para quem tem interesse não só na busca da felicidade, mas na compreensão das emoções que favorecem esse sentimento é o livro: "Felicidade Autêntica" de Martin Seligman (E-book na Amazon). Seligman é um dos fundadores de um novo ramo da Psicologia, chamada de Psicologia Positiva, que elege como foco principal o estudo das emoções positivas como fatores que levam as pessoas a ter mais felicidade. Beijo no coração.

    ResponderExcluir

Todo comentário construtivo é bem vindo.
No entanto, comentários ofensivos, preconceituosos, mal educados ou incompreensíveis, serão apagados.
Comentários que sejam spam ou propaganda, que não tenham a ver com o conteúdo do post ou do blog, também serão apagados.
Se quiser contratar um serviço, utilize a página de Contato.

Obrigada pela visita!

Google Plus

Like us on Facebook

Quote do dia

"Eu agradeço pelas inúmeras vezes que você me enxergou melhor do que eu sou... Pela capacidade de me olhar mais devagar... já que muita gente já me olhou depressa demais. Olhe devagar cada coisa. Aceita o desafio de ver o que a multidão não viu. Entre cascalhos disformes, estranhos diamantes sobrevivem solitários. É bom ter amigos. Eles são pontes que nos fazem chegar aos lugares mais distantes de nós mesmos. A beleza anda de braços dados com a simplicidade. Basta observar a lógica silenciosa que prevalece nos jardins."
(Pe. Fabio de Melo)