O Poderoso Hibisco

terça-feira, outubro 29, 2013

poderoso hibisco

E quando o sol nasceu ela estava lá, rubra e etérea. E um Beija-Flor bebeu do seu néctar, rodopiou, voltou e partiu rumo ao infinito... Ela ficou alí para cumprir sua sina de flor... Assim, alegrou minha manhã e transportou-me, com sua beleza, ao rastro do Beija-Flor. Rumo ao infinito...

Jóias com Poesia

Creio que todo mundo tem uma flor favorita, aquela que mais encanta aos olhos, aquela mais exótica, aquela mais singela, aquela cujo perfume é raro, em fim, cada um com seu gosto e preferência... Quando me perguntam se tenho uma flor predileta, já que gosto de todas, respondo de imediato: é o Hibisco porque traz lembranças da minha infância, época em que fui despertada para a beleza existente na Natureza quando me deparei pela primeira vez com um Hibisco vermelho como o da foto. Pois é, foi amor a primeira vista e para sempre!


A flor do hibisco na Natureza é grande e exuberante possuindo variações de cores que vão do branco ao rosa, vermelho, laranja, roxo ou amarelo. Historicamente o Hibisco é conhecido como "Mimo de Vênus", e em grego representa Ísis que foi uma deusa da mitologia egípcia, cuja adoração se estendeu por todas as partes do mundo greco-romano. Ísis foi cultuada como modelo da mãe e esposa ideais, protetora da Natureza e da magia, relacionada também a maternidade e fertilidade, e como deusa da simplicidade, protetora dos mortos e das crianças de quem "todos os começos" surgiram.

hibisco

Também conhecido como um dos símbolos mais conhecidos do Hawaii, o Hibisco se tornou mundialmente um dos maiores ícones do verão tropical. Apesar de estar associado ao ser feminino, o Hibisco também é apreciado pelo gênero masculino por ser usado pelos surfistas do mundo todo em estampas de camisetas, bermudas, tênis, sandálias, mochilas, etc. sendo principalmente motivo de ornamentação das pranchas de surf e Tatoos.
Para os havaianos as tatuagens de Hibiscos têm um significado profundo: honram seus ancestrais e representam o amor pela sua terra pátria. Mas de um modo geral, as tatuagens de flores são as mais procuradas pelo público feminino, e neste hanking, o Hibisco se destaca não só pela beleza da forma, mas também pelos significados diversos que vão desde beleza delicada, virtude, feminilidade, suavidade, até um ótimo verão.


E com sua exuberância, o Hibisco também está presente nas "Leis", assim chamados os tradicionais colares de flores havaianos. A tradição das "Leis" é muito antiga com seus colares feitos manualmente pelos artesões locais com vários elementos naturais como plantas, pedras, conchas, etc., sendo que mais atualmente com flores naturais encontradas no arquipélago, dentre elas o Hibisco. Conta uma lenda havaiana antiga que as pessoas que chegam ao Hawaii e recebem uma "Lei", antes de partir devem jogá-la no oceano e caso o colar volte à praia, significa que a pessoa voltará às ilhas algum dia.
Existe ainda uma "Etiqueta" com relação as "Leis": o colar é colocado por cima da cabeça e envolta dos ombros, devendo ficar pendurado na frente e atrás ao invés de apenas na frente. Quando um colar é oferecido, ele é dado no espírito havaiano de comemoração e benção, sendo portanto, considerado grosseria não aceitar a benção de um colar. Também é considerado desrespeito retirar uma "Lei" na presença da pessoa que o deu. Os colares representam o famoso "Aloha", típica saudação havaiana de boas vindas, boas vibrações e boa sorte. A palavra "Aloha" tem ainda vários outros significados, entre eles amor, sopro sagrado, olá, adeus, contendo muitos fundamentos filosóficos da vida dos havaianos.

Originário da China, Sudeste da Ásia, Polinésia e Hawaii, o hibisco tem como características a abundância de flores que se renovam num curto ciclo de troca, e uma grande diversidade de formas e cores. É um gênero botânico, com cerca de 300 espécies, inserido na família das Malvaceae, cuja flores e folhagens são exuberantes. O Hibisco mais comum nos jardins brasileiros é o Hibiscus Rosa-sinensis, e embora suas flores, na forma simples, durem no máximo 24h00, a planta floresce o ano todo principalmente em locais quentes e úmidos, além de suportar bem terrenos arenosos dando ótimos resultados em regiões praianas. A espécie é ainda muito utilizada como cerca-viva devido ao seu crescimento vigoroso de crescimento rápido.


Além dessas qualidades, o Hibisco da espécie Hibiscus sabdariffa também faz parte das plantas Aromáticas e Medicinais, e dentro deste universo é conhecido popularmente como Hibiscus, Cardalé, Té de Jamaica (em espanhol); Rede Sorrel ou Jamaica Sorrel (em inglês); Carcade (em Italiano); Kerkade (na Suíça) e Reselle (em francês). As folhas são ricas em vitaminaa A e B1, sais minerais e aminoácidos, podendo ser consumidas cruas em saladas ou se tornar, assim como o caule, um ótimo ingrediente para o preparo de cozidos, sopas, feijão e arroz.

Possuem ações emolientes, diuréticas e sedativas. As sementes, ricas em proteínas e um tanto amargas, têm servido como refeição para a alimentação humana na África, através do seu esmagamento e destilação para o uso em sopas, misturadas com farinha e feijão ou torradas como um substituto para o café.

As flores possuem antocianinas (flavonoides antioxicidantes: substâncias que combatem os radicais livres, responsáveis pela ocorrência de diversas enfermidades e processo degenerativos do organismo humano); também apresentam efeito diurético e diminuem a viscosidade do sangue, reduzindo a pressão arterial.

Os frutos são comestíveis e podem ser utilizados como antiescorbútico (previne e/ou cura o escorbuto). Nas Filipinas, as raízes são utilizadas para o preparo de tônicos e aperitivos. O cálice é o elemento mais valioso em termos de produção alimentar e é a parte mais estudada do Hibisco.


Tem mucilagem, antocianinas, pigmentos flavônicos, ácido tartárico, málico cítrico, fitosteróis (sisterol,campesol, ergosterol, estigmasterol). A mucilagem o faz demulcente e útil em constipações e irritações de vias respiratórias. Os flavonóides lhe dão a propriedade espasmolítica (intestinal), colérica, hipotensora e diurética. Também abaixa a taxa de lipídios totais no sangue.

As antocianinas produzem efeito vasodilatador colérico, laxante e antiespamódico. Os cálices podem ser utilizados na decoração de pratos como saladas que adquirem alto valor antioxidante, ou no preparo de geleias, doces, sucos, xaropes, gelatinas, vinho, vinagre, molhos ou podem ser consumidos in natura. Com o extrato da planta podem ser produzidos chás orgânicos, (puro ou em mistura de ervas), sucos, shakes, temperos, chutneys, dentre outros produtos bastante originais.


O famoso chá emagrecedor de Hibiscus sabdariffa, combinado com uma alimentação saudável, dá uma bem vinda turbinada ao acelerar o processo de emagrecimento nas dietas para esse fim. Com suas propriedades, auxilia na redução de gordura, na digestão, regulariza o intestino e ainda combate a retenção de líquidos.

O Hibisco utilizado no chá é o Hibiscus sabdariffa e/ou extrato da planta que tem varias ações, é um antioxidante poderoso, precioso tônico digestivo que facilita o trânsito intestinal e consequentemente a absorção de nutrientes que vão atuar beneficamente nos sistemas cardiovascular, ósseo e muscular, além de proteger as células de danos como o câncer.



O chá atua também no controle da pressão arterial, melhora a glicemia, o colesterol, triglicérides e ainda auxilia nas disfunções hormonais. Por ser considerado um termogênico, por aumentar o metabolismo sem ser estimulante, atua como calmante, diurético e laxante.

E como tem baixo teor de cafeína pode ser consumido por pessoas com transtornos gástricos, sendo ideal quando combinado com outras ervas e frutas, podendo ser ingerido inclusive à noite sem interferir no sono. Além de tudo isso, diferentemente do chá verde (também indicado nas dietas para emagrecer), a infusão da flor do hibisco é saborosa.



Falando em sabor, já que talvez tenha provocado sua curiosidade, selecionei umas receitinhas para sua inspiração e por que não experimentação e degustação...

Chá de hibisco:

Colocar uma colher de chá da erva em uma xícara de água fervente e deixar ferver por 3 minutos, apagar o fogo e deixar em infusão por 5 minutos, coar e beber. Ele pode ser consumido aquecido ou gelado, dependendo da temperatura ambiente e do gosto de cada um.

Shake de hibisco com amora:

  • Uma colher de chá de flor de hibisco
  • 1/2 xícara (chá) de Amora
  • 1/2 Banana
  • Raspas de gengibre

Colocar uma colher de chá de flor de hibisco em 1 Lt de água reservar deixando de 1 dia para outro. Colocar 1 xícara do chá reservado no liquidificador com os demais ingredientes, bater tudo e consumir em seguida.

Suchá (suco + chá) de Hibisco com Morango:

  • 200 ml de chá de hibisco
  • 8 Morangos (de preferência orgânicos)

Bater todos os ingredientes no liquidificador, adicione gelo se quiser e consuma em seguida.

Gelatina de hibisco:

Misture 400 ml de chá de hibisco morno preparado com duas colheres de sopa de hibisco seco adoçado a gosto com, adoçante para forno e fogão e 10 gramas de gelatina em pó incolor.

Despeje a gelatina em potinhos e leve para a geladeira até endurecer. Fica suave e levemente azedinho, uma delícia!



Abraços, ALOHA!

Fontes de pesquisa e imagens: Web/google

Lembrou de alguém que gostaria desse post? Espalhe essa idéia! Compartilhe!

Leia também!

5 comentários

  1. Poxa, que bacana!

    Não sabia que hibisco era comestível. Sempre achei uma flor lindíssima e não conhecia todo o simbolismo que ela tem.

    Ótimo post!

    ResponderExcluir
  2. Olá Sybylla! Que bom que gostou do post. Com suas qualidades o Hibisco é considerado no mundo como uma das flores mais bonitas pela sua simplicidade. A palavra simplicidade tem em seu significado a ausência de excessos e artifícios que conduz à humildade, e nesse sentido, o Hibisco com sua rusticidade "simples", nos presenteia com suas flores durante o ano todo. Obrigada pelo comentário, Beijo no coração...

    ResponderExcluir
  3. Legal,não sabia de todas essas qualidades do hibisco,muito interessante,também super importante!

    ResponderExcluir
  4. Maravilhoso tudo que tenho lido aqui sobre o Hibisco, essa florzinha que tinha no quintal da minha casa , mas que nuca soube dar o seu real valor medicinal, parabens por esse artigo,.Ja comecei a experimentar,mas gostaria d e saber se posso continuar incluindo nas minhas dietas a semente de Chia e a Quinua em grao, tbm gostaria de saber onde devo comprar e como e o nome comercial. Obg e Deus abencoe por nos transmitir boa informacoes sobre saude!! Bjus c/carinho <3

    ResponderExcluir
  5. OLá Josy, que bom que gostou de conhecer um pouco mais sobre o Hibisco. O chá desta planta você pode encontrar em lojas de produtos naturais, quanto a semente de Chia e Quinua, eu não experimentei com o chá de hibisco, mas como o chá também serve de base para shakes e sucos de frutas creio que você pode experimentar a mistura se já estiver acostumada com estes ingredientes. De qualquer forma, procure sempre a orientação de alguém especializado como uma nutricionista para obter informações mais precisas. Obrigada por seu comentário. Se gosta da Natureza, siga o blog, por aqui você sempre encontrará dicas e boas surpresas sobre ela. Beijo no coração, Seja Feliz!

    ResponderExcluir

Todo comentário construtivo é bem vindo.
No entanto, comentários ofensivos, preconceituosos, mal educados ou incompreensíveis, serão apagados.
Comentários que sejam spam ou propaganda, que não tenham a ver com o conteúdo do post ou do blog, também serão apagados.
Se quiser contratar um serviço, utilize a página de Contato.

Obrigada pela visita!

Google Plus

Like us on Facebook

Quote do dia

"Eu agradeço pelas inúmeras vezes que você me enxergou melhor do que eu sou... Pela capacidade de me olhar mais devagar... já que muita gente já me olhou depressa demais. Olhe devagar cada coisa. Aceita o desafio de ver o que a multidão não viu. Entre cascalhos disformes, estranhos diamantes sobrevivem solitários. É bom ter amigos. Eles são pontes que nos fazem chegar aos lugares mais distantes de nós mesmos. A beleza anda de braços dados com a simplicidade. Basta observar a lógica silenciosa que prevalece nos jardins."
(Pe. Fabio de Melo)