Jardim sobre rodas

segunda-feira, junho 03, 2013



Compartilho aqui com vocês este sonho/projeto de Arte Urbana super simpático do Designer de Interação e Artista Marcos Antonio Castro Cosio cuja ideia é instalar pequenos Jardins nos tetos dos ônibus pensando em recuperar espaços esquecidos de Nova York. Segundo ele, se fossem plantados jardins nos tetos de cada ônibus da principal frota que circula por Nova York, haveria 35 hectares de área verde circulando pela cidade o que equivale a quatro vezes a área do Bryant Park de Manhattan.


A experiência está sendo feita no teto do "Bio Bus", um ônibus que viaja nos Estados Unidos com um laboratório de ciência para levar educação científica para diferentes comunidades. Mas Castro espera receber apoio para levar o projeto adiante. Para ele, o design é um agente de mudança que pode contribuir com soluções criativas para um mundo melhor.

Tudo é loucura ou sonho no começo. Nada do que o homem fez no mundo teve seu início de outra maneira - mas já tantos sonhos se realizaram que não temos o direito de duvidar de nenhum.

Monteiro Lobato

Este sonho/projeto de Arte Urbana super simpático do Designer de Interação e Artista Marcos Antonio Castro Cosio cuja ideia é instalar pequenos Jardins nos tetos dos ônibus pensando em recuperar espaços esquecidos de Nova York. Segundo ele, se fossem plantados jardins nos tetos de cada ônibus da principal frota que circula por Nova York, haveria 35 hectares de área verde circulando pela cidade o que equivale a quatro vezes a área do Bryant Park de Manhattan.

A experiência está sendo feita no teto do "Bio Bus", um ônibus que viaja nos Estados Unidos com um laboratório de ciência para levar educação científica para diferentes comunidades. Mas Castro espera receber apoio para levar o projeto adiante. Para ele, o design é um agente de mudança que pode contribuir com soluções criativas para um mundo melhor.


Motivações

Em entrevista para Healthy Parks Healt People, Castro expôs  que sua motivação para a realização deste projeto surgiu através do interesse em fazer as pessoas interagirem com seu ambiente se envolvendo com ele e se possível se tornando melhores nele. Isso emergiu dos seus pensamentos sobre o que motiva as pessoas a cuidar ou não, a se preocuparem ou não com o outro e tudo que os rodeia.

Se as pessoas fossem apaixonadas pela sua comunidade, será que estariam dispostas à melhorá-la? Será que elas se atreveriam a mudar isso? Em busca de tais respostas surgiu o desafio de ligar as comunidades urbanas com a natureza de uma forma lúdica e prática tendo como solução o Bio Bus ou Raízes de Ônibus como é conhecido o projeto de Castro.

Benefícios do Projeto

Castro fundamenta os benefícios do Raízes Ônibus que podem contribuir para a sociedade nas características das plantas como sendo um dos mais importantes organismos vivos e mais eficientes. Plantas naturalmente produzem seu próprio alimento, não produzem lixo, não poluem e tem a propriedade de limpar o ambiente ao seu redor.

São ótimos isolantes de calor  e som além de serem alimento para animais dentre os quais se incluem os seres humanos. E ainda fazem do ambiente um espaço mais atraente e alegre. Razões cuidadosamente consideradas neste projeto cujo principal intuito é ajudar o meio ambiente urbano em metrópoles como Nova York através da:

  • Diminuição da poluição do ar;
  • Isolamento acústico e térmico;
  • Restauração de Habitat;
  • Valor Estético;
  • Sequestro de CO2 (de acordo com estudos da Universidade Estadual de Michigan, aproximadamente, 375g cm2)
  • Educação pública e recreação que proporcionem meios para as pessoas compreenderem a vida natural ao seu redor e maneiras de protegê-la.

Só para citar alguns...


O protótipo do projeto ainda está em fase de observação e estudo, é como diz Castro: "Um pequeno Jardim que está sendo observado em seu comportamento desenvolvimento e recuperação com relação aos ciclos que tem que atravessar como verão, outono, inverno e primavera..." e ainda com um sentido de poesia Castro chama seu projeto de "Um exercício de agricultura nômade".

Eu, suspeita que sou, estou torcendo pelo projeto de Castro enquanto imagino ver do alto jardins se deslocando pelas cidades num cenário futurista... que espero seja próximo!
E você, gostou? Deixe aqui sua opinião.

A imaginação é mais importante que o conhecimento.

Albert Einstein

Abraços com um salve à imaginação de todos aqueles que 
a utilizam em benefício de um mundo melhor.

Lembrou de alguém que gostaria do post?
Espalhe essa idéia! Compartilhe!

Leia também!

2 comentários

  1. Eu sempre sonhei em ter um jardim, nem que fosse uma minihorta. Acho esse contato com a terra tão gostoso.

    E tempo, cadê? rs

    E coluna? rs

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Que ideia incrível...
    Infelizmente moro em apartamento e não tenho o espaço que gostaria para o verde!
    Amo jardins!
    Obrigada por sua visita em meu blog, volte sempre.
    Beijos
    Fernanda

    ResponderExcluir

Todo comentário construtivo é bem vindo.
No entanto, comentários ofensivos, preconceituosos, mal educados ou incompreensíveis, serão apagados.
Comentários que sejam spam ou propaganda, que não tenham a ver com o conteúdo do post ou do blog, também serão apagados.
Se quiser contratar um serviço, utilize a página de Contato.

Obrigada pela visita!

Google Plus

Like us on Facebook

Quote do dia

"Eu agradeço pelas inúmeras vezes que você me enxergou melhor do que eu sou... Pela capacidade de me olhar mais devagar... já que muita gente já me olhou depressa demais. Olhe devagar cada coisa. Aceita o desafio de ver o que a multidão não viu. Entre cascalhos disformes, estranhos diamantes sobrevivem solitários. É bom ter amigos. Eles são pontes que nos fazem chegar aos lugares mais distantes de nós mesmos. A beleza anda de braços dados com a simplicidade. Basta observar a lógica silenciosa que prevalece nos jardins."
(Pe. Fabio de Melo)