Rádio Paisagem

terça-feira, maio 14, 2013




Neste post quero compartilhar um achado delicioso (pelo menos para mim)...
O Achado é uma Rádio super original que transmite os mais diversos sons da natureza. Mas, antes de chegar lá, eu gostaria também de compartilhar com vocês o que é Paisagem Sonora.

Se vocês ainda não ouviram falar em Paisagem Sonora, certamente já criaram paisagens mentais ao ouvirem uma música especial ou os simples sons da natureza. Os sons locais que nos remetem a sentimentos retidos na memória são considerados construtores de Paisagens Sonoras. Para entender sobre isto uma leitura recomendada é o livro "A Afinação do Mundo" - Schafer (1974), no qual me apoiei e utilizarei aqui alguns trechos para uma melhor elucidação sobre Paisagens Sonoras.


Schefer, apresenta em seu livro um estudo sobre a Paisagem Sonora como a ambiência acústica dos lugares. Ou seja, ambientes acústicos são originados através dos sons de animais, pássaros, carros, máquinas, entre outros infinitos ruídos que fazem parte dos lugares. E nesse sentido, cada ambiente acústico representa uma informação característica a respeito de cada lugar.
O sentido de lugar deve ser compreendido como uma vinculação subjetiva e emocional que as pessoas têm com uma determinada localização. Pinturas, filmes e músicas muitas vezes evocam um sentido sobre um determinado lugar, um sentimento que nós espectadores/ouvintes reconhecemos ao termos contato com tais representações. Assim, timbres característicos, sons naturais como provocados pelos ventos, mares, canto dos pássaros, etc., são responsáveis por sonoridades locais, que se mesclam com uma grande diversidade de outros sons fazendo surgir verdadeiras "Paisagens Sonoras".


As Paisagens sonoras existem em todos os lugares que frequentamos e cada uma delas é decorrente do contexto destes lugares, como por exemplo, Paisagens sonoras naturais, rurais, urbanas tecnológicas etc. Por sons fundamentais, Schafer entende o ambiente sonoro básico da formação paisagística. São sons criados pela geografia e pelo clima, água, vento, planícies, montanhas, pássaros, insetos, etc., que de acordo com o autor são sons naturalizados nem sempre ouvidos (percebidos) conscientemente, mas que podem afetar os comportamentos e estilos de vida de uma sociedade, delineando o caráter dos homens que aí vivem inseridos. E é por estas paisagens  naturais que vamos ficar para falar agora da "Rádio Paisagem" que explora um dos principais componentes desta categoria como o canto dos pássaros representado por vocalizações de diversos tipos, algumas bem marcantes e específicas de determinados lugares.


Explora também um outro componente importante que são os sons emitidos pelas águas em movimento como mares, cachoeiras, rios e riachos e até mesmo os sons da chuva, outro elemento constituinte da Paisagem Sonora Natural.
A Rádio Paisagem oferece uma recriação sensível e deliciosa das sonoridades regionais a partir de um conjunto discreto de sons, como o canto dos pássaros, os ruídos do vento, os sons emitidos pelas águas, disponibilizando de forma singela e aconchegante o resgate e por que não, a co-criação dessa memória para ser ouvida e apreciada. Conheça Aqui.

Espero que apreciem e que possam encontrar na Rádio Paisagem, sons que remetam à paisagens sonoras singulares que nos tocam quando despertam na memória, sentidos e sentimentos de lugares que embora distantes, existem silenciosos dentro de nós.

Beijo no Coração,
Sejamos Felizes!

Lembrou de alguém que gostaria do post? Espalhe essa idéia! Compartilhe!

Leia também!

0 comentários

Todo comentário construtivo é bem vindo.
No entanto, comentários ofensivos, preconceituosos, mal educados ou incompreensíveis, serão apagados.
Comentários que sejam spam ou propaganda, que não tenham a ver com o conteúdo do post ou do blog, também serão apagados.
Se quiser contratar um serviço, utilize a página de Contato.

Obrigada pela visita!

Google Plus

Like us on Facebook

Quote do dia

"Eu agradeço pelas inúmeras vezes que você me enxergou melhor do que eu sou... Pela capacidade de me olhar mais devagar... já que muita gente já me olhou depressa demais. Olhe devagar cada coisa. Aceita o desafio de ver o que a multidão não viu. Entre cascalhos disformes, estranhos diamantes sobrevivem solitários. É bom ter amigos. Eles são pontes que nos fazem chegar aos lugares mais distantes de nós mesmos. A beleza anda de braços dados com a simplicidade. Basta observar a lógica silenciosa que prevalece nos jardins."
(Pe. Fabio de Melo)