Jardins de Cura

quarta-feira, fevereiro 13, 2013



Você já ouviu falar sobre os "Jardins de Cura?



A Garden Terapy ou Hortoterapia considerados importantes instrumentos de cura, vem ganhando espaços em hospitais e outros meios de reabilitação e cura. O contato com os jardins e até mesmo a interação estimulam as funções sociais, cognitivas, físicas e psicológicas, reduzindo a ansiedade e melhorando o humor e a qualidade de vida dos pacientes.

A confirmação das vantagens dos “Jardins de Cura” existentes em inúmeros estudos científicos comprova que as propriedades terapêuticas advindas do contato com estes jardins vão desde a melhora da qualidade do sono, do apetite e até a redução dos medicamentos e a diminuição dos estados depressivos além da diminuição da dor.

Projetos que agregam áreas de jardins revitalizando estas áreas em hospitais visam à humanização do espaço trazendo benefícios nos processos de recuperação dos pacientes. Grandes hospitais no mundo todo utilizam os jardins para funções terapêuticas. O hospital Santa Catarina, em São Paulo, é um dos poucos que já possuem um jardim dedicado aos pacientes. É lá que muitos encontram paz e conforto que lhes dão maior motivação para se recuperarem, apenas contemplando o belo ao lado de uma frenética Avenida Paulista.

Abraços,
Sejamos Felizes!


E que possamos agregar cada vez mais jardins às nossas vidas!

A Natureza com toda a simplicidade faz brotar bem estar, saúde e felicidade em sua vida.

Lembrou de alguém que gostaria do post? Espalhe essa idéia! Compartilhe!

Leia também!

0 comentários

Todo comentário construtivo é bem vindo.
No entanto, comentários ofensivos, preconceituosos, mal educados ou incompreensíveis, serão apagados.
Comentários que sejam spam ou propaganda, que não tenham a ver com o conteúdo do post ou do blog, também serão apagados.
Se quiser contratar um serviço, utilize a página de Contato.

Obrigada pela visita!

Google Plus

Like us on Facebook

Quote do dia

"Eu agradeço pelas inúmeras vezes que você me enxergou melhor do que eu sou... Pela capacidade de me olhar mais devagar... já que muita gente já me olhou depressa demais. Olhe devagar cada coisa. Aceita o desafio de ver o que a multidão não viu. Entre cascalhos disformes, estranhos diamantes sobrevivem solitários. É bom ter amigos. Eles são pontes que nos fazem chegar aos lugares mais distantes de nós mesmos. A beleza anda de braços dados com a simplicidade. Basta observar a lógica silenciosa que prevalece nos jardins."
(Pe. Fabio de Melo)